Processo

Gama de máquinas configuráveis, que variam no seu ciclo produtivo e no seu grau de automatização, adaptadas Às necessidades de todas as empresas do sector alimentar.


Desde a máquina base, com um sistema automático de dobragem em 3 dobras sucessivas, seguida de uma descarga do produto acabado à linha completa de produção.

Apenas é necessário um operador para cada máquina para o modelo robot e um operador pode controlar 2 ou 3 máquinas. As máquinas funcionam com um sistema eletropneumático. São compactas, com uma operação simples, não necessitam de uma manutenção específica e limpam-se rapidamente.
Máquina equipada em modo automático para:

1

Colocação das tiras de massa

2

Colocação das doses de recheio

3

Colocação de pontos de cola


As máquinas produzem chamuças de 17 a 22 gramas, consoante a consistência do recheio. Utilizam tiras de massa flexível, fina e pré-cozinhada (sem memória) com 5,8 cm de largura e 17cm de comprimento.
A cadência de produção das máquinas vai de 200 a 600 chamuças por hora, consoante o modelo escolhido.

Massa

A massa utilizada pode ser comprada ou fabricada pela nossa máquina de fabrico de massa laminada e pré-cozinhada.





Recheio

O processo de transformação dos recheios, a forma de os preparar e cozinhar usando métodos rigorosos de higiene alimentar, garante uma qualidade consistente deste produto agradável de comer.

Estas misturas subtis e leves de ingredientes cozinhados consistem em vegetais, carnes, peixes, mariscos, queijos ou frutas, com temperos compostos pelas mais saborosas especiarias, adaptados a todos os paladares.

Produzir o seu próprio recheio para chamuças, adicionando o seu próprio toque de especiarias, é um ato de amor.